Afinal o que é consumo consciente de moda?

Olá queriDonas,

Depois do ultimo post explicativo sobre  o ‘”por que”o foco do Dna Feminino estar tanto na industria da MODA, e eu ver como isto mexeu com quem já estava conosco nas redes sociais e as donas novas que chegaram por causa deste novo foco… resolvi continuar a mostrar o começo do caminho, desta consciência e empoderamento de bol$os que tenho acompanhado, e principalmente tenho feito em mim também.

Vejam, isto não é algo novo, ao contrario já tem uns bons anos que esta acontecendo, mas esta acontecendo de forma mais fechada no próprio mundo da moda, e de forma bem apagada na mídia… por isto muitas vezes as pessoas nem sabem do que se trata ao certo, afinal, quando falamos em reciclagem ou upcycling naturalmente a área que vem na cabeça é: detritos, resíduos enfim LIXO.

É até interessante que seja, por que a industria que mais produz detritos/lixo de todos os tipos é exatamente esta a da Moda…e nunca paramos para pensar nisto né?

Quanto tempo uma calça ou uma blusa levam para virar algodão podre ou adubo na natureza? Nós usamos, doamos, e depois elas vão para o lixo… mas e depois?

Exatamente por esta não ter sido uma preocupação nossa também, que as empresas deitaram e rolaram e agora o pato vai ser pago por TODXS né, non?

Afinal pensem um pouquinho aqui comigo, existe jogar fora e esquecer? Claro que noooo, porque não existe o FORA do planetinha.rs É dentro do planetinha junto conosco que o lixo ficará para sempre… por muiiitos e muiiitos anos, como filhos nossos, e ainda causando problemas no ar, na terra, na agua, nos bichinhos, nas plantas, na comida que consumimos e por ai vai.. a lista é enormeeee….

Para vocês terem uma idéia e visão, estamos falando em termos de: 3 a 500 anos de vida deste lixo todo… dependendo do material que ele e feito.

Se tudo fosse de algodão orgânico (o mais natural para nosso corpo respirar inclusive) seriam apenas 3 anos para virar adubo ja que faz parte das fibras naturais (algodão, linho, alguns tipos de seda e lã), mas usamos este??? Nãooooo… 🙁

Sabemos que os mais usados hoje em dia são os sintéticos (viscose, raion, nylon, acetato, poliester, acrílico, poliuretano, elastano, poliamida)  o Poliester que é todo sintético e artificial, conhecido como “fio de petróleo”,  sendo o 100%, pode chegar a ABSURDOS 500 anos, sim … muitas e MUITAS gerações de serumaninhos, bichinhos, agua e terra afetadas :(…

Na média, e por que a maioria dos tecidos são misturas de poliéster com outros materiais,  estamos falando de minimamente  100 anos…. sim… as crianças pagarão o pato, nossas muitas roupas da moda, tendencias do “tem que ter”em cada estação, acabarão  vivendo e sendo mais velhas que nós!

OU seja Donas…temos que re-pensar nosso consumo de moda, sim! Podemos e devemos :).

Agora, nem estou falando do sistema escravisatório das coitadas das costureiras meninas e mulheres,  empregadas das empresas que produzem quase tudo para as redes de lojas baratas de fast fashion nos países pobres, né?

Nossas irmãs  sem oportunidades, que chegam para trabalhar as 7 da matina na fabrica e saem as 19/20… pasmem, fazendo exatamente o mesmo trabalho repetitivo milhões de vezes todas estas horas e sem descanso ( tipo meses colocando botão, bolsos ou mangas)… E recebem como pagamento a média de  32 dólares por mês.:(

Sim, BEMMMM menos que 20% de nosso atual salário minimo. 🙁

Aqui tem um video pequenininho e bem explicativo: Se preparem \O/

 

Se depois de ver este videozinho vcs ainda não acreditam na TOTAL importância de nossa consciência e responsabilidade no consumo da moda… olhem este para acreditarem ainda em nossa humanidade!!

Sim, nós temos escolhas melhores! Nós temos responsabilidades conosco e com todos!

Se não forem as mulheres e mentes femininas a lideraram a sociedade no consumo consciente de moda, NADA ABSOLUTAMENTE NADA MUDARA>>> sabem por que?

Somos as responsáveis por mais de 85% de tudo comercializado na moda, compramos/inlfluenciamos/consumimos e bancamos ela… então quem manda?

Caso não tenham visto o documentário The True Cost, que coloquei no post anterior, por favor vejam! Alias se não viram o post anterior… ele esta aqui:  Tendencia na Moda: empoderamento do bolso feminino juntxs.

Tá, muito bonito muito responsável…masss e para nós que trabalhamos, estudamos, nos esforçamos para poder de vez enquanto sair e comprar coisas lindas? Como fica? Puxa, eu adoro me divertir me arrumando.. adoro estar bonita e bem arrumada para qualquer ocasião Dna Fernanda… não posso mais comprar roupas/acessorios/sapatos legais ?? Virarei o que?

NÃOOOOOO, calma!! rs

Apenas temos que escolher de forma consciente e EQUILIBRADA ou seja, escolher melhor, viajarmos para dentro de nós e perceber que é se divertindo que enxergaremos nosso proprio estilo (que ficou preso até hoje) e não continuando apenas comprando o que esta na vitrine, o que as lojas ditam, os comerciais e publicidades estimulam com neuromarketing e muita perspicácia… apenas aprender a questionar..rs. Eu preciso de fato disto? Eu tenho outras alternativas? Eu estou me subornando com este consumo por que estou triste? Eu estou caindo na armadilha do consumo automático?

Se vc parar para pensar estas coisas, já comprar menos, ou nem comprará! Se ver estes videos e dar uma lida no assunto eu posso Garantir, você estará aqui ajudando a divulgar para todas as amigas e família, porque vai se assustar em como estava cega e muda tampem…todxs estamos!

E assim, aprendendo a inclusive colocar estas lojas/empresas em xeque mesmo, fazendo elas falarem a verdade eu mudarem rápido, sabem o movimento #quemfezminhasroupas ? Vejam aqui.

Esta é nossa missão e estamos bem acostumadas como mulheres e mentes femininas com isto, né non? Opala cê estamos..rs..cada escolha que temos que fazer na vida..e sabemos bem que: Escolhas trazem responsabilidades sempre, né donas? E que não estamos sós, precisamos nos preocupar com outros.

Então saindo do contexto de publicidade manipuladora, que era meu mote, até aqui… mostrar para vcs que as empresas nos manipulam  e fazem com que consumamos muito mais do que precisaríamos e de forma automática… afinal são mais de 3 mil inserções para vendas em nosso dia, no caminho, no trabalho, na TV, na WEB, no transporte publico, dentro de nosso carro nas rádios, nos celulares, email…etc e etc. PS: menos neste canal aqui… que não deixei entrar nenhuma publicidade rs.

Vou eu começar, e abrir meu coração para vocês, não é fácil..e vocês vão ficar confusas… eu estou até hoje.

Mas eu posso dizer que comecei e foi a melhor coisa que fiz, pelos serumaninhos e por mim.

Ok, e por onde começar?

Primeiro, comecei me propondo a seguir algumas regras básicas:

1—> Comecei pelo mais consciente e sustentável: o que eu JÁ TINHA! Ou seja, tirei as roupas do armario e fiz 3 pilhas. Uma para as que não usava fazia tempo e iria customizar, outra para as que eu adorava e ate usava bem mas tava cansada e iria fazer upcycling (transformar em outra roupa, tipo vestido em 2 peças separadas etc), e a terceira o que iria doar para outra pessoa continuar a usar, ou iria tirar pedaços para criar peças novas.

2—> A partir daí, só poderia comprar em Fast Fashion/grandes lojas uma vez por mês, e nada alem de 3 peças que não tivesse de fato nada parecido, ou que não conseguiria criar igual…rs. Ir olhar e ter idéias é livre viu? Faço as vezes de domingo depois do café e da livraria.rs

3—> Comecei a ir a brechós de vez enquando, aprendi e aprendo muito sobre mim e meu estilo lá, sobre a moda no planetinha e sobre a beleza de pagar pouco em algo lindo que já teve historia para contar e tem essência. Fora os altos bates papos lá… mas é cada risada.rs

4—>Pensar que está fora da “moda”ou das tendência, nunca… esta requer força mental no começo… ok? Relaxa, a moda é cíclica e o que é lindo hj se for verdadeiro voltara a ser jajá, ou seja, basta ser autentica com você, que esta no caminho certíssimo!! E Gostar de fato de suas coisas tb, sabendo escolher a dedo, o que te faz bem e tem a ver com seu estilo real.

5—>Começar  a estudar o assunto, seguir estes projetos dos videos/posts nas redes sociais, participar de eventos e workshops, ler livros incríveis como o Moda Intuitiva da Cris Guerra ou o Moda com propósito do André Carvalhal… que serumaninhos inscriveis e autenticamente cool que eles são, super recomendo, vai MUDAR SUA VISÃO e trazer seu estilo real de volta, se preparem pra transformações bacanas!!!

6—>Comecei a perceber que precisava agir junto de outras, ou a revolução não continuaria..rs e criei o De vestido é a mão…que será nosso grande apoio nesta meta de consumo de moda consciente, estou terminando os ajustes para ele tanto aqui como nas redes sociais. Já ta seguindo e participando?? Vai láaaaaa donaaaaaa… vem  ajudar, estaremos juntxs! 🙂

7—> Comecei a usar ferramentas ótimas  já criadas para dar visibilidade e avaliar o mercado, como o APP da Moda Livre, o Banco de tecidos (falarei no proximo post) e etc. Olhem a imagem do app moda livre, ele nos mostra quem esta fazendo certo e quem não, depois de analise e entrevista com as grandes Marcas de roupas , basta baixar de grátis:

Enfim, Donas, se vocês sentem que também gostariam de evoluir seu estilo de vestir e de consumir, querem ser mais verdadeiras consigo e mais felizes com seu estilo e consciencia geral… este caminho é o de vocês também, e podemos ir juntxs!

E se formos todxs juntxs, sabe o que acontecerá? Será muito mais fácil, mais acolhedor e com muita sonoridade! Poderemos nos ajudar, trocar, colaborar umas com as outras e dar boas risadas até…rs

Eu sou grande fã (como meio mundo ou mais rs) da Coco Chanel, e ela sempre preferia fazer quase tudo a mão de forma artesanal e respeitando as curvas e essência feminina.. ela criou toda a industria da moda praticamente e reina absoluta até hoje ( mulher F>>A), nos permitindo usar calças e roupas mais confortáveis e com inovações..alem de MARAVILHOSAS. E ela mais do que ninguém sabia que o essencial no vestir é O PROPÓSITO! Para que ou quem você se veste?

E o propósito é essencial na moda, na arte, na diversão…ela se divertia muito produzindo, e nós podemos também… borá perder o medo, a amarra, a besteira de que não consegue e borá customizar juntxs?

Borá fazer mais com as mãos? Bora sermos criativas com as roupas que ja temos, usar de outras formas, e ousar novamente, com o mesmo? Quer coisa mais incrível do que descobrir jeitos novos e aprender?

E falando nisto… o próximo post farei para explicar o que o De vestido é a mão vai criar para nós, se preparem por que as portas da diversão irão se abrir!!!!!! rss

Então.. Dona Fernanda aqui para muitas donas aí, e os nossos 30 trilhões de beijos de sempre, e borá continuarmos indo todxs juntas?:D Sim senhoraaaaa e Seguimos….

 

 

Sobre Fernanda Celina

1@ Consumidona e empreendedona, mente feminina por trás desta casa, outra ex chefe de Mkt e negócios durona e workaholic de alguma Multi, que preferia contratar mulheres e que ama pensar e usar ferramentas!
Gateira e feminista, rebelde, leitora voraz, costureira, questionadora e cheia de “creres”: creio em serumaninhos e não em generos e em um Mundo e Marketing mais honesto e inclusiva-Mente Feminino, que produza mais verdade e menos prejuízos, principalmente emocionais!!! Com estratégias mais sustentaveis para todos e confiaveis para as consumidonas de TUDO: Mulheres e Mentes femininas, nascidas com um X ou com 2 XX.
Creio mais ainda na força da economia criativa e colaborativa, para que TODXS nós nos juntemos e trabalhemos na aceleração de nossa revolução no mercado, e na industria da MODA principalmente. O temido poder econômico sempre esteve em NOSSA$ Mão$ e bol$os, vamos usar-lo?? Nós, mercado/empresas podemos nos ajudar e ganhar todos!
Empoderar dando consciencia e informações as consumidonas e empreendedonas é a meta..depois sentamos para um café e conversas…s2 ;) borá ganhar todas juntxs, queridonas?:)

Veja também

BEFW – Brasil Eco Fashion Week, primeira semana de “tendências e moda” sustentável do país, como usamos, enxergamos e compramos Moda?

Olá QueriDonas!!! Tudo certinho por aí? Sabem que torço que sim :). Como vcs acompanharam …

2 comentários

  1. Muito bom !!! Somos Donasqueridonas !! Mentes abertas para o mercado , ciente de um mundo novo, sem agedir nosso ambiente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *