fazendo o simples acontecer.

Dá para o Neuromarketing ser simples, consumidonas e empreendedonas!?

Olá queridonas, cá estamos trazendo novidades para todxs!!

Borá desmistificar o neuromarketing para que vocês possam entender e ainda crescer mais, JÄ!?

Como sabemos, nossa casa não tem somente consumidonas tem também consumidonas que são Empreendedonas :), grandes e corajosas mulheres e mentes femininas que estão em varias frentes como autónomas, micro-empreendedoras, empresarias e claro, como profissionais em grandes empresas também, que precisam entender o universo do marketing, de negócios e da comunicação, para desenvolverem seus negócios de forma mais rápida e com assertividade e aprenderem novas ferramentas como excelentes profissionais que são!

Portanto, trazer o melhor conteúdo estratégico e “disruptivo”rs, para poder ajudar a todxs é nosso foco…Afinal não quero que vocês percam dinheiro fazendo coisas erradas como os coleguinhas que não entendem de mkt feminino ou comunicação feminina, mas sim, ganhem muito e da melhor forma possível.

E nesta minha missão de ajudar todxs a entender e começar a usar o marketing inclusiva-mente feminino, utilizando as ferramentas atuais que auxiliam o mercado a se comunicar melhor, entendendo e vendendo o necessário e o que queremos, trabalhando conosco e não contra nós, acabei tendo de focar nas inovações e informação sem barreiras e sempre DE GRAÇA para vocês, minha prioridade é mostrar que tudo que é otimo em vendas e em marketing pode ser usado para vocês crescerem e SEM FRESCURA!

Porem pode ser usado para manipular e/ou de forma não muito humana ou ética até… e nós mais do que ninguém precisamos saber diferenciar, para não cometermos erros inclusive contra nós mesmas, e para podermos proteger os demais consumidores e batalhar para a mudança nesta nossa revolução, certo?

A prioridade nossa do Mkt Dna Feminino somos nós, consumiDonas e não o mercado em primeiro lugar.

Primeiro nossas necessidade e depois as do mercado, e é exatamente nesta linha que a consultoria em Mkt feminino daqui segue, participando de vários projetos de melhorias deles e com eles, e para nós!

Assim, as ferramentas que temos disponiveis, o aprendizado que tenho aprendido no decorrer dos últimos anos e etc… sempre virá aqui para vocês, e se não estiver aqui basta pedir que vamos atrás..!!

O sucesso das Donas empreendeDonas será nossa grande recompensa, sempre!

Pensando nisto chamei uma grande amiga empreendedona também, que esta trabalhando focada na área de neuromarketing, para escrever aqui para nós, nos abrindo os olhos para esta ferramenta!!

Ela vai explicar tudo que é possível ser feito e de maneira simples -sem rios de dinheiro- para cativar consumidonas e consumidores sem incorrer em falhas de relacionamento ou comunicação, e deixar seu negocio, sua loja, salão de beleza, corretora, clinica, seus planejamentos de vendas e apresentações de produtos etc muito melhores, mas sem manipulação ou ética duvidosa, claro!

Afinal um remédio pode ser um veneno também, se a dose for errada, e no neuromarketing isto é muito verdadeiro e sério, infelizmente.Temos varias discussões sobre até onde podemos usar esta ferramenta sem prejudicar o mundo, as pessoas e o consumo, que já esta em uma loucura insana…

Por isto tomamos muito cuidado em trazer apenas o que é bacana e o que concordamos, para vocês!Borá aprender a fazer ganha-ganha?

Comecemos então, com vocês:  empreendedona Andréa da Stimullo :)!

Fazendo o simples acontecer.

 

Neuromarketing para as Donas. A Comunicação direcionada a elas e por elas!

 

Quantas vezes você, empreendedora já teve duvidas de como se comunicar com suas consumidoras e consumidores de forma mais próxima, mais eficiente e, principalmente mais honesta, seguindo os reais valores e crenças do seu negócio?

 

A comunicação é mais um dos muitos pratos que nós temos que equilibrar em meio aos nossos desafios profissionais. Queremos e precisamos ser perfeitas em nossas estratégias para colher os bons frutos e chegar nos nossos objetivos não é mesmo?!

 

Já trabalho há algum tempo com pequenas empresas e startups e noto que a grande maioria dos desafios encontrados são relacionados com comunicação. A grande dúvida é como inovar nesse cenário de crises, diversidade de concorrentes, bombardeio de informações (são cerca de 1800 impactos visuais e publicitários por dia) e ainda se adequar aos novos hábitos de consumo e ao nível de expectativas super elevado.

 

Com tantas mudanças e disrupturas que vivenciamos atualmente, o marketing também esta tendo que se reinventar. E com isso, surgem diversas técnicas e metodologias para dialogar de forma eficiente com nosso público-alvo. Uma das mais inovadoras é o Neuromarketing. Grandes empresas antenadas com as novas tendências já estão utilizando essa técnica em suas estratégias de comunicação. E é dela que vamos falar um pouquinho aqui.

 

O neuromarketing é uma metodologia que junta neurociência e marketing, podendo ser enquadrada também no âmbito da pesquisa de mercado, que estuda, através de medições biométricas, os efeitos que estímulos de comunicação produzem no cérebro humano, a fim de obter informações que permitam conhecer com mais profundidade as causas não racionais sobre que tipo de mensagem funciona ou não, e como se processa fisiologicamente a tomada de decisão de consumo de forma geral. Essas medições podem ser feitas através de indicadores como ritmo cardíaco, atividade cerebral, resposta ocular, resposta galvânica da pele, micro expressões faciais, entre outros.

 

As medições biométricas medem o quanto uma peça publicitária, uma embalagem ou um vídeo retém a atenção e fica na memória e como podemos estimular isso utilizando os sistemas sensoriais (olfato, paladar, visão, tato e audição). Esses sistemas tem impacto direto nas nossas memórias, emoções e portanto, no nosso comportamento, decisões e atitudes de compra.

 

Por exemplo, o cheiro é evocador de memórias e isso pode ser usado para retomar alguma lembrança boa no momento da compra, criando vínculos emocionais com a sua marca ou produto.

 

No neuromarketing levamos em consideração basicamente:

 

  • Atenção e memória
  • Os sentidos (existem 5 fundamentais, mas a comunidade cientifica aceitou a defesa de mais 21 modalidades tais como dor e equilíbrio)
  • E as emoções e experiências

 

Estudos de neurociência comprovam que 95% das decisões de compra são baseadas em emoção e memória e de forma inconsciente, assim como evidenciaram que nós somente aprendemos com fatos. Mesmo quando achamos que estamos “planejando“ uma compra, essa decisão já foi tomada inconscientemente antes mesmo do ato de ir até a loja e adquirir um produto. Portanto, atualmente não vendemos mais produtos. Vendemos emoções e experiências! Já as experiências são as trabalhadas de forma mais intensa, pois através delas é que criaremos vínculos emocionais com nossos clientes.

 

Baseado em muitos estudos sobre comportamento de consumo e tomadas de decisão, o neuromarketing chega em algumas ações e melhores práticas que são comprovadamente eficientes para atingir em cheio a atenção do seu cliente.

 

Quero compartilhar aqui algumas dicas para que você possa se inspirar e adaptar ao seu negócio:

 

Vitrine

A vitrine é um repositório de memórias. Ela deve ter um visual agradável e que chame atenção sem exageros. O cérebro não gosta de trabalhar muito… layouts simples, lógicos e diretos são os que mais engajam. Pense em como você pode impactar emocionalmente seu público ou como você pode gerar uma experiência diferenciada quando ele estiver passando em frente sua loja. Porque não usar esse espaço contar uma pequena história com seus produtos?!

 

Ofereça um ambiente propicio

Alguns fatores como temperatura do ambiente, sons e luz irão definir o tempo que o cliente permanece dentro da sua loja. Ele deve se sentir confortável para que os neurotransmissores do prazer estejam inundando seu cérebro durante a decisão de compra. A temperatura ideal dentro de um ambiente propicio para compras é de 23 graus. A musica também vai ditar o ritmo que o cliente circula pela loja. Musicas mais calmas diminuem a frequência cardíaca e fazem circular mais devagar. Ja a luz deve ser direcionada para onde você quer vender mais.

 

Personalização e empoderamento

Consumidores adoram fazer parte da história das marcas e se sentem especiais quando adquirem algum produto ou serviço personalizado. Muitas marcas estão empoderando seus consumidores, permitindo que eles façam parte da construção de seus produtos. Veja alguns exemplos bacanas:

 

A marca de café expresso Delta permite que seus clientes façam seu próprio blend de café. A Nike que seus clientes participem da construção do layout do seu tênis de corrida dentro do site. A Hershey`s esta utilizando impressoras 3D em suas lojas para oferecer chocolates personalizados em tempo real para seus clientes.

 

Enfim, essa é uma estratégia que vem fazendo muito sucesso. Portanto, pense em como você pode convidar seu público a participar da história da sua marca ou produto de alguma forma.

 

Quando seu negócio é Serviço:

Para vender um serviço é igualmente importante pensarmos em como oferecer uma experiência diferenciada aos nossos clientes. Eles precisam entender qual a sua proposta de valor e que essa proposta irá solucionar seus problemas e dores. Tendemos a confiar mais em uma proposta quando temos a percepção de que estamos “trocando“ nosso dinheiro por algo e não somente gastando. No processo de tomada de decisão inconscientemente avaliamos antes as punições e recompensas consequentes aquela aquisição. Outra dica: Aprenda a vender o preço e não vender “pelo preço“, dando o devido valor ao seu trabalho.

 

Portanto proponho aqui uma lição de casa: a partir de agora, pense em como gerar uma experiência diferenciada para seu consumidor, ao invés de utilizar o processo comum de vendas. Pense também em como criar vínculos emocionais com ele através de emoções positivas.

 

Faça amigos, crie vínculos, mantenha sua essência e… Boas vendas!!!

 

Escrito por: Andrea Freitas email: andrea@stimulobureau.com.br

http://www.stimulobureau.com.br

Sobre Fernanda Celina

1@ Consumidona e empreendedona, mente feminina por trás desta casa, outra ex chefe de Mkt e negócios durona e workaholic de alguma Multi, que preferia contratar mulheres e que ama pensar e usar ferramentas!
Gateira e feminista, rebelde, leitora voraz, costureira, questionadora e cheia de “creres”: creio em serumaninhos e não em generos e em um Mundo e Marketing mais honesto e inclusiva-Mente Feminino, que produza mais verdade e menos prejuízos, principalmente emocionais!!! Com estratégias mais sustentaveis para todos e confiaveis para as consumidonas de TUDO: Mulheres e Mentes femininas, nascidas com um X ou com 2 XX.
Creio mais ainda na força da economia criativa e colaborativa, para que TODXS nós nos juntemos e trabalhemos na aceleração de nossa revolução no mercado, e na industria da MODA principalmente. O temido poder econômico sempre esteve em NOSSA$ Mão$ e bol$os, vamos usar-lo?? Nós, mercado/empresas podemos nos ajudar e ganhar todos!
Empoderar dando consciencia e informações as consumidonas e empreendedonas é a meta..depois sentamos para um café e conversas…s2 ;) borá ganhar todas juntxs, queridonas?:)

Veja também

BEFW – Brasil Eco Fashion Week, primeira semana de “tendências e moda” sustentável do país, como usamos, enxergamos e compramos Moda?

Olá QueriDonas!!! Tudo certinho por aí? Sabem que torço que sim :). Como vcs acompanharam …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *